Cerimônia em memória de Paul Singer: Pensador socialista, militante solidário

No último dia 24 de março, data do nascimento de Paul Singer e poucas semanas antes de se completar um ano de seu falecimento, foi feita a tradicional cerimônia judaica de Matsevá, inauguração da sua pedra lapidar, no Cemitério Israelita do Butantã. A frase escolhida por seus filhos para a lápide foi: “Pensador socialista, militante solidário”.

Na ocasião, foram feitas homenagens ao professor pela deputada federal Luiza Erundina, a professora Leda Paulani e sua filha Suzana Singer. A homenagem de Suzana encerra com uma menção a trecho de poema escrito por seu pai em 1966.

No mesmo dia, de Brasília, Regilane Fernandes, que foi colaboradora do professor na Secretaria Nacional de Economia Solidária, também escreveu um texto em sua homenagem.

 

 

 

 

Compartilhe
Compartilhe no FacebookCompartilhe no Google+Compartilhe no Twitter

One thought on “Cerimônia em memória de Paul Singer: Pensador socialista, militante solidário

  1. Querido André, por causa de um compromisso na família, não me foi possível estar presente na Matsevá de seu pai e meu professor Paul Singer, mas a lembrança dele me acompanha como professor e amigo. Um abraço Suzanna Sochaczewski

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *